nº 26 | ano 02
05/02/13
Não está conseguindo visualizar este email? clique aqui
Conselho realiza debate técnico em Santa Maria nesta quinta-feira
O encontro será aberto a todos os arquitetos e urbanistas do Estado, sem necessidade de inscrição. Entidades da categoria irão participar da ação.

Com o intuito de cumprir seu papel de disciplinador do exercício da arquitetura e do urbanismo, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul promoverá, no dia 7 de fevereiro, em Santa Maria, Fórum Temático que terá como tema o "Controle Municipal de Edificações".

O objetivo do encontro é debater questões técnicas das construções, entre elas a importância do responsável técnico em projetos e obras abertas ou fechadas para que sejam garantidos aspectos como qualidade, conforto, higiene e economia.

Outro ponto a ser destacado é a exigência de pelo menos um profissional da arquitetura e do urbanismo nas Prefeituras, com capacidade técnica para avaliar a segurança das edificações e conferir uma melhor gestão do município e de seus recursos.

A ação reunirá em Santa Maria as quatro entidades de arquitetos e urbanistas no Estado: Instituto dos Arquitetos do Brasil, IAB-RS; Sindicato dos Arquitetos do Estado do Rio Grande do Sul, SAERGS; Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura, AsBEA-RS; e Associação de Arquitetos de Interiores, AAI Brasil-RS.

O Fórum será realizado nesta quinta-feira, 7 de fevereiro, no Salão Itaimbezinho do Itaimbé Palace Hotel (Rua Venâncio Aires, 2741, no Centro de Santa Maria), das 15h às 18h. A atividade é gratuita e não prevê inscrições. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (51) 3094.9800 ou pelo e-mail comunicacao@caurs.org.br.
CAU/RS prestigia sanção da lei de fiscalização predial de Canoas
Conselheiro Fausto Steffen prestigia sanção da lei de fiscalização predial de Canoas. Foto: Paula Vinhas e Mariane Selli
Sancionada em 4 de fevereiro pelo prefeito de Canoas, Jairo Jorge, a lei que torna obrigatório o Certificado de Inspeção Predial (CIP) é inédita entre os municípios gaúchos. O objetivo do novo regramento é garantir a segurança da população em prédios públicos e residenciais.

Conforme o texto, o CIP será emitido ou renovado pela Prefeitura, por meio de seus órgãos competentes. Prédios não residenciais destinados a eventos e com capacidade para mais de 400 pessoas, ou qualquer um com mais de 50 anos, devem renovar o Certificado anualmente.

O documento servirá para comprovar as condições de estabilidade, segurança, salubridade, desempenho e habitabilidade das edificações. Ficam obrigados a obter o Certificado o proprietário, síndico, gestor ou outro responsável por edificação residencial com seis ou mais pavimentos, privada não residencial e pública. A lei também relaciona todas as exigências e penalidades para cada tipo de construção.

De acordo com o prefeito, o cumprimento das regras e as notificações serão transparentes e de conhecimento público. Ainda segundo Jairo Jorge, a prefeitura conta com o apoio do CAU/RS para contribuir com a fiscalização e o correto cumprimento da lei. "Acreditamos na qualificação técnica dos profissionais dos Conselhos para elaborar estes laudos com o rigor que as normas exigem", avalia.

Representando o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul, o conselheiro Fausto Steffen destacou a atitude pioneira de Canoas e reforçou a importância de estender o projeto às demais cidades.

"A participação do CAU/RS na construção dessa lei é fundamental pois há um contato direto com os profissionais da área de Arquitetura e Urbanismo, sempre visando a qualidade e a segurança das edificações e, principalmente, a proteção da comunidade", afirma o conselheiro.

Coordenador do Escritório de Engenharia e Arquitetura da Prefeitura de Canoas e autor do projeto, Carlos Todeschini informou que a lei entrará em vigor dentro de 180 dias. "Estabelecemos este prazo para que sejam trabalhadas ações de educação e sensibilização da sociedade e dos proprietários de estabelecimentos, e também para organizar o correto emprego da lei", explica.

Já neste período de orientação e preparação, o CAU/RS terá reuniões com a Prefeitura Municipal de Canoas para definir o padrão de apresentação dos laudos.

A solenidade contou com as presenças da Subchefe de Ética e Transparência da Casa Civil, Juliana Foernges, do deputado estadual Nelsinho Metalúrgico, e do vice-presidente do Crea-RS, Paulo Farias. Pelo CAU/RS, comparaceram também o diretor geral Eduardo Bimbi e a agente de fiscalização Aline Silva.

CURSOS E EVENTOS
Unifra oferece cursos de Especialização
Estão abertas as inscrições para os cursos de pós-graduação lato sensu do Centro Universitário Franciscano – Unifra, em Santa Maria. As oportunidades de qualificação na área de arquitetura e urbanismo são ofertadas através dos cursos: Gerenciamento na Construção Civil e Engenharia de Segurança do Trabalho. As aulas terão início em 8 de março de 2013 e ocorrem nas sextas-feiras à noite e nos sábados pela manhã e tarde. As inscrições podem ser feitas no site da Unifra até 20 de fevereiro. No endereço também são disponibilizadas outras informações sobre os cursos.
 
Expediente:

Presidente: Roberto Py Gomes da Silveira
Vice-Presidente: Alberto Fedosow Cabral
Jornalista Responsável: Mariane Selli (reg. prof. 14.163)

www.caurs.org.br - atendimento@caurs.org.br - (51) 3094.9800
Endereço: Travessa Eng. Acilino de Carvalho, 33, 5º andar
Centro Histórico - Porto Alegre/RS - CEP: 90010-200
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Conselheiro Federal Titular: Cesar Dorfman Conselheira Federal Suplente: Gislaine Saibro
Conselheiros Titulares:
Alvino Jara, Carlos Alberto Sant’Ana, Carlos Eduardo Mesquita Pedone, Clarissa Monteiro Berny, Claudio Fischer, Cristina Duarte Azevedo, Fausto Henrique Steffen, Fernando Oltramari, Joaquim Eduardo Vidal Haas, Luiz Antônio Machado Veríssimo, Marcelo Petrucci Maia, Maria Bernadete Sinhorelli de Oliveira, Nino Roberto Schleder Machado, Nirce Saffer Medvedovski, Núbia Margot Menezes Jardim, Paulo Iroquez Bertussi, Paulo Ricardo Bregatto, Rosana Oppitz, Sérgio Luiz Duarte Zimmermann
Conselheiros Suplentes
: Marcos Antônio Leite Frandoloso, Marcio Gomes Lontra, Raquel Rhoden Bresolin, Carmen Anita Hoffmann, José Carlos Freitas Lemos, Eduardo Viola Marty, Gabriel Cruz Grandó, Cláudia Rembowski Casaccia, Rafael Weber, Ricardo Bertoldo Lângaro, Nelson Moraes da Silva Rosa, Eduardo Speggiotin, Kátie Pereira Macêdo Lima, Marcio de Mendonça Lima Arioli, Tiago Holzmann da Silva, Geraldo da Rocha Ozio, Rafael Pavan dos Passos, Ednezer Rodrigues Flores, Alexandre Couto Giorgi, Osório Afonso de Queiroz Júnior, Daniela Marzola Fialho